[+QP]: Tempo Para Si Mesma

by - sexta-feira, maio 22, 2015



Descalça na praia, sem rumo, 
Sem direção,
Caminhando em direção as ondas apenas
Para sentir 
O sal e a água fria em meus pés.
Corro. Pulo, rodopio, arremesso pedras, tudo para 
Não pensar,
Para não pensar naquele sorriso, naqueles olhos, 
Naquela boca,
Naquele cheiro, naquele abraço, tudo para não pensar 
Em você.
De cima da pedra vejo o mar se acalmar, as ondas que 
Antes brigavam
Agora dançam em uma perfeita 
Sincronia,
Então me lembro do livro e no que ha dentro 
Dele,
Uma flor seca de ha tanto tempo estar ali, a pego e 
A observo,
Lembro dos bons ventos que 
Vivemos,
Mas logo me vem a tempestade que 
Nos separou,
Ela e você não me pertence mais, então a deixo ir, por entre 
O bale das ondas.
Livre assim como eu, nosso tempo se fora e me restou 
Apenas minha alma,
Fria, despedaçada e pedida, só o tempo será capaz de 
Curar tais feridas
Mas farei como você. O tempo agora me pertence 
E o tirarei só para mim
Para pensar, para renascer, pois todo fim nos proporciona 
Um novo recomeço
E recomeçar requer tempo e perseverança, 

Recomeçar requer esperança.


"Tema do mês do grupo +QP, a ideia era falar sobre um tempo para si mesma, e como adquiri-lo. Não deixe de conferir outros blogs participantes como 48 Janeiros, Trash Rock e Yasmim Bueno."

4 comentários

  1. Adorei, APENAS *-*
    É sempre difícil falar de poemas, e o seu provicou coisas boas =D
    Bjoo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que delicia ler isso, fico muito feliz que tenha gostado, não é apenas dificil falar de poemas é complicado faze-los e saber que deu certo me deixa muito feliz. Beijos ♥

      Excluir
  2. Lindo, lindo e lindo! Poema perfeito. bjsss www.janelasingular.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fuco muito feliz que tenha gostado Ana *-* um super beijo flor ♥

      Excluir

@tiposdalu