Textos Amorzinhos #Maio

by - segunda-feira, junho 20, 2016


Mais um mimo do Floreios que estou retomando, sei que estou beeeeeem atrasada mas isso não importa, voltei com tudo e não podia deixar de voltar a compartilhar com vocês os textos que mais amei ler no decorei do mês que passou, maio foi meu mês e o mês de muitos acontecimentos, então vamos deixar as delongas de lado e partir para os queridinhos do mês de maio.

Mas eu volto - "Tenho a sensação que estou no lugar errado de onde devia estar, mas não sei bem onde, nem pra onde devo ir. Olho-me no espelho e vejo a paz que outros veem em mim. Do lado de dentro tem um temporal. O vento carregou tudo que podia. A chuva molha sonhos rabiscados pelo chão. Vejo quem eu devia ter sido e quem me tornei e as tantas outras partes de mim que me desfiz pela vida. As escolhas erradas, os momentos que me calei, tudo passando como um filme de comédia ruim."

Luciana Sá Freire - Achei as Palavras

Deixe ir - "Mas, meu bem, você já viu alguém querer morar em uma constante turbulência? As pessoas gostam do chão firme, onde podem pisar com firmeza e se sentirem donas do mundo. Donas do próprio nariz. O velho direito de ir e vir, lembra? Eu nunca vou conseguir me esquecer disso. Não me canso de dizer que prefiro deixar que vá."

Kelly Mathies - Caligrafando-te

Felicidade - "Mais que depressa aquele guri franzino saiu a galope até o postinho de saúde da cidade. Nessa hora as dores da chegada do bebê já dilaceravam e pareciam rasgar a cintura daquela mulher, das costas até o ventre. Entre as corridas do marido das águas quentes aos panos limpos, ela ora respirava rapidamente, ora urrava e se contorcia chamando por ele. Tudo preparado, ele sentou ao lado da esposa e acariciou aquele rosto, antes pálido de preocupação, agora vermelho e molhado de suor."


Complicada e Nada Perfeitinha - "Ô mulherzinha complicada! Sim, ela é cheia de embaraços da cabeça aos pés; do tipo que, embora ame ganhar flores, não vê sentido em ganhá-las para posteriormente jogá-las fora. Aliás, ela acha inclusive que as rosas são símbolos do amor porque, no fim das contas, os corações são jogados fora assim como elas. Vai saber?!"

Laura Gouveia - Juro de Mindinho

Sempre foi Você - "Escrevi uns três começos de cartas e achei que estava formal demais, depois afoito demais. Por último novamente deixei que as palavras calmamente me revelassem com amor. Recebi sua carta no último dia de outono, não consigo acreditar que vai completar um ano daquele beijo com gosto de mar, com gosto de profundidade de mar, meus lábios depois dos teus nunca mais nadou em outras águas, você sabe."

Camila Carvalho - Te Conto Poesia

2 comentários

  1. Ah, meu textinho ♥ Vou dar uma lida nos outros, alguns são realmente um amor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seus textos são muito amor pode acreditar e os outros também são aconchegantes ao coração!

      Excluir

@VENTOSDMAIO