{Hand Lettering}: Quais Materiais Usar?

by - segunda-feira, julho 11, 2016

Primeiramente vamos esclarecer alguns pontos sobre o hand lettering. É preciso ter em mente que cada pessoa tem um jeito de fazer e acima de tudo que cada um tem aquele material ou aquela marca que prefere por tanto não julgue como obrigatório todo e qualquer material que ver em tutoriais ou ate mesmo por aqui eu tenho minhas preferencias assim como outros que fazem o lettering também tem como por exemplo a Paula uma amiga minha para quem não sabe eu trabalho numa papelaria - sim naquela perdição haha - e a Paula também, ela não faz lettering mas sim desenhos e bem temos gostos e preferencias beeeem diferentes em relação a materiais e marcas acredite nem sempre o que é bom para mim será bom para você, então teste vários materiais ate encontrar aquele que lhe satisfaz, aquele que faz com que você goste do resultado, ok? Independente do que dizem os tutoriais e tudo mais. Vamos lá?

1. Qual papel usar?
Esse é simples e não tem segredo, você consegue fazer um bom lettering em qualquer tipo de papel desde que esteja com determinação e paciência para isso o ponto chave é atente-se para o tipo de caneta que ira usar, ok Lu mas porque? Simples canetas tinteiro, brushs e algumas poscas por exemplo tendem a manchar e umedecer papeis muito finos alem do que algumas delas demoram a secar podendo causar alguns acidentes por isso tenha muito cuidado na hora de contornar - mas isso é conteúdo para outro post - o que eu indico é que você use papeis com uma gramatura um pouco maior algo em torno de 120g, 150g, 180g ou mais dependendo do que vai fazer, se você esta começando utilize entre 120g e 180g. Tenha sempre um caderno quadriculado acreditem eles fazem toda diferença na hora de praticar e acertar as linhas retas alem disso existem inúmeros modelos de sketchbooks e cadernetas que podem ser bem aproveitadas por ai.

2. Qual tipo de lapis e borracha devo usar?
Aquele que mais lhe agradar, eu por exemplo utilizo lapiseira 0.9, caneta borracha para apagar pequenos traço e uma borracha normal para os demais traços. Eu normalmente faço tudo a lápis, contorno e então apago para depois fazer os detalhes o que acontecia e me deixava um tanto chateada era as borrachas acabavam por tirar a tinta da caneta nesse processo resumindo eu tinha de fazer trabalho dobrado pois tinha que contornar novamente então dou duas dicas aqui (1) teste varias borrachas até achar uma que não cause tanto dando ao seu trabalho e (2) deixe seu lettering secar por um tempinho antes de apagar.

Tenha a mão também uma régua e se tiver dificuldades em fazer círculos assim como eu pense em ter um compasso ou um transferidor como achar melhor, eles ajudam muito na hora de você praticar algo mais circular e não se esqueça das pranchetas ok? Elas são de grande ajuda, mas antes de sair por ai comprando um monte de material que provavelmente você não vai usar pense no que é melhor para você por exemplo se optar por usar cadernos e sketchbook não ira precisar das pranchetas, não é mesmo? Use essas dicas para adaptar ao que você faz e da maneira que mais gostar e se sentir confortável.

3. E em relação as canetas, que tipo devo usar?
Chegamos sem duvidas ao ponto chave do nosso post, qual tipo de caneta devo usar para contornar e colorir meu lettering? Bem como eu disse trabalho numa papelaria e bem caneta é o que mais tenho não só por causa do lettering mas porque sempre gostei mesmo então já testei muita coisa e acabei por elencar minhas queridinhas mas não se apegue a isso cada um tem uma preferencia lembra, alem do que não se precisa de canetas caras para se fazer um bom trabalho eu tenho caneta hidrocor e hidrocor jumbo que ajudam muito na hora de colorir alem de canetas naquim, caneta em gel, tinteiro e até mesmo pinceis permanentes o que importa mesmo são as pontas.

As pontas que utilizo são 0.1, 0.2, 0.3, 0.5 e 00.5 as 0.1,0.2,00.5 eu uso para fazer detalhes menores e mais delicados enquanto as demais utilizo para fazer os contornos a ideia é que tenha sempre duas espessuras de pontas uma para contornos e outra para pequenos detalhes.

No mais sempre faça vários testes, não tenha medo de testar e fracassar pois só assim ira encontrar o material que mais se adéqua a você e lembre-se não sai por ai comprando todo quanto é tipo de material que ver em tutoriais pois quanto mais profissional o material mais caro ele será e se você estiver começando não acredito que seja um bom investimento, comece aos poucos e com matérias simples. Bem é isso espero que tenham gostado e que as dicas tenham sido uteis, depois me contem porque aqui o que acharam e se estão praticando e se quiser acompanhar meu desafio de "50 days of lettering" que está rolando lá no instagram vou deixar o link aqui para você visitar.

0 comentários

@tiposdalu