{Estante}: Tudo e Todas as Coisas

by - segunda-feira, janeiro 30, 2017


"Minha doença é tão rara quanto famosa. Basicamente sou alérgica ao mundo [...] talvez eu não possa prever o futuro, mas posso prever algumas coisas. Por exemplo, estou certa de que vou me apaixonar pelo Olly. E é quase certo de que será um desastre."


Editora: Novo Conceito
Autora: Nicola Yoon
Gênero: Romance
Paginas: 300
ISBN: 9788581637884


Era à isso que se resumia a vida de Madeline Whitter ou aí menos era o que ela imaginava. Durante dezoito anos de sua vida foi submetida a um rigoroso tratamento de uma doença rara, a Imunodeficiência Combinada Grave (IDCG) mais conhecida como a doença da criança na bolha, para ser mais direta Madeline era alérgica a tudo e a qualquer momento qualquer coisa poderia desencadear uma série de complicações.

Sua rotina diária baseava-se em passar os dias sentada em seu sofá branco, em seu quarto branco, com paredes brancas lendo um dos livros coloridos que havia escolhido em sua prateleira branca. Apesar de todas as suas limitações Maddy tentava levar uma vida normal o mais normal possível o que incluía aulas via Skype e até mesmos visitas de um de seus tutores de arquitetura.

Tudo fluía normalmente bem até a chegada de seu novo vizinho Oliver, mais conhecido como Olly. O anjo da morte de olhos azul-oceano, o único capaz de mostrar a Maddy o que era o verdadeiro amor e a dor de um coração partido.
Minhas impressões: 

Apesar de parecer apenas mais um romance clichê Tudo e Todas as Coisas é um livro surpreendente que nos faz pensar na vida e no sentido pelo qual vivemos. Uma leitura de fácil acesso que me conquistou em uma noite - assim como Quem é Você, Alasca? - nada mais, nada menos que sete horas de leitura que me levaram a um desfecho surpreendente é que me deixaram cheia de dúvidas. A principal delas é "devemos nos privar dá vida por proteção?"

É certo deixar de viver por medo, dúvida ou inexperiência? Veja bem, as palavras de Nicola Yoon lhe invade e é como se cada sentimento ali descrito fosse feito para você, e no fim se querem mesmo saber creio que foram feitas para todos nós. Quanto ao desfecho? Bem, foi surpreendente me peguei fechando o livro à poucas páginas do fim para analisar tudo o que Maddy havia vivido, no fim somos todos com Madeline, humanos em uma bolha de medo. Nós pegamos sempre decidindo entre a zona de conforto e o novo. Pois bem o que posso dizer sejam apenas corajosos e lembrem-se a vida é um dom.

Então viva. Ame. Chore. Sorria. Sofra. Amor não mata. Levante-se. Tente novamente. Crie teorias. Arrisque-se. A vida é um dom, então aproveite.

6 comentários

  1. Nossa, o livro parece ser ótimo. Vai entra entrar pra minha listinha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é maravilhoso, tenho certeza de que vai amar moça!! Um beijo

      Excluir
  2. Vou pedir de presente de aniversário! Amo ler e adorei conhecer esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Peça mesmo porque super vale a pena moça, um beijo!

      Excluir
  3. Que fofo esse livro eu quero ele

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito fofo mesmo e maravilhoso.

      Excluir

@tiposdalu