Para Onde o Amor Vai?

by - domingo, fevereiro 26, 2017


Olho para o telefone e me pergunto com cheguei a essa situação, me pergunto como simplesmente tudo pode acabar sem motivos ou como simplesmente um tudo se transformou em nada em questão de segundos, ou melhor, com o passar dos dias. Quem diria. A exatos 300 dias atras estávamos planejando com seria nossa vida num futuro não muito distante, onde moraríamos, como seria nossa rotina, até nome para filhos escolhemos e num dia cinzento qualquer tudo mudou e virou apenas poeira, uma lembrança do tipo que todos fazemos - tentamos - esquecer, então eu lanço um desafio aquele que puder me responder, uma pergunta simples sem muitos porquês, busco apenas saber para onde vai o amor?

Me conta como pode um sonho partir, um universo particular se apagar, me conte os segredos desse amor, esse que foge para longe deixando apenas a tristeza nos abater. Passei 365 dias vivendo um sonho, um plano, planejando uma nova vida, uma nova meta, lutando por minha felicidade, mas no fim parece que tudo foi em vão, as palavras doces se perderam, os gestos únicos e amorosos se foram, cada vontade de te ter aqui esvai-se em lágrimas e mágoas, mas me diga por favor para onde fi esse amor? O que fizemos de errado para ele fugir?

Olho mais uma vez para a tela do celular e percebo que mal se passou cinco minutos da minha imersão em remotos pensamentos, me endireito no banco e olho em volta para ter certeza de que meu ônibus ainda não passou, logo a frente há um casal sentado sorrindo um para o outro, provavelmente fazendo mil planos e me pergunto se eles sabem que um dia todo esse amor se vai e resta apenas saudades, saudades de um tempo bom que todos nós passamos uma vez na vida, ou mais quem sabe.

Meu ônibus aponta na entrada do terminal, me ajeito olho uma ultima vez para tela do celular e me esqueço de tudo que acabará de acontecer, estava na hora de ir para casa, havia muito o que se fazer e não podia me perder no passado, era chagada a hora de seguir, mesmo sem entender e ter a certeza de nunca saber, para onde vai o amor.

4 comentários

  1. É sempre ruim chegar ao fim de qualquer coisa que tenha sido bom, principalmente quando se diz respeito a um relacionamento que parecia tão feliz. Mas o que deve sobrar de um fim é a esperança de um recomeço e a fé de que o amor existe sim, mas só ter a consciência de que às vezes ele acaba e não tem nada de errado com isso. E às vezes ele vai junto até o túmulo. São tantos destinos, tantos amores e tantas pessoas diferentes... Eu realmente espero que a personagem do conto (ou você, caso seja um texto com um quê de realidade) não desista de amar. Porque amar é lindo, apesar da dor que às vezes traz consigo.

    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade, mas o que podemos fazer se não aceitar não é mesmo.

      Excluir
  2. Eu já aprendi a aceitar os finais como uma fase que se encerra, mas mesmo assim, alguns sentimentos não desaparecem...parabéns pelo texto e até mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente não mas como tempo eles se calam.

      Excluir

@tiposdalu