Aqui Estou Eu Outra Vez

by - terça-feira, agosto 15, 2017

Aqui estou eu outra vez pronta para outra. Para mais um tombo. Para mais um não. Para mais uma decepção. Ao longo do tempo aprendi a aceitar certas, principalmente aquelas que dizem respeito a solidão e o abandono. Percebi que as coisas são simples assim, pessoas vem, pessoas vão, poucas ficam e isso não é o fim do mundo, não ainda pelo menos. Me perguntei durante muito tempo o porque isso sempre aconteci comigo, porque o numero de pessoas que iam embora sempre era maior do que as que ficavam e não me venha com esse clichê de que “as mais importantes sempre ficam” porque sinceramente...não cola, já tive prova viva de que nem sempre as que ficam são as melhores pessoas para sua vida.

Com tempo aprendi a ver cores em meio ao cinza, mesmo sendo tons pasteis, suaves, mas eram cores afinal, era o que eu conseguia colocar em meus dias. Aprendi a não depender de ninguém o que acarretou em uma eterna e enorme sobrecarga, fazer o que nenhum fio fica esticado perfeitamente por muito tempo, um lado sempre vai ceder e antes o meu do que o de alguém que eu nem ao menos conheço de verdade. Eu já sei o que vai me dizer “que não devamos exigir muito de nós mesmo para fugir do mundo” mas por favor olhe para de ler esse texto agora, olhe para dentro de si e me diga “você nunca fez isso na vida? Nuca tentou fugi do mundo se sobrecarregando para não ter tempo para o outro ou para vida?” Bem se isso nunca aconteceu com você já peço desculpas de antemão, mas chega aqui pertinho que quero te sussurrar uma coisa “eu duvido muito que não tenha passado por isso em sua vida” é quase como um pré-requisito para continuar a viver.

O tempo passa e continuamos na mesma. Nos criticando. Reclamando. E simplesmente não fazendo nada para mudar, é como eu sempre digo “nosso mal é continuar a fazer sempre as mesmas coisas esperando um resultado diferente” por favor não façam isso. Eu não sou exemplo de vida para ninguém, não sou perfeita e não sei tudo, mas sei que o primeiro passo para a mudança começa conosco. Aqui estou eu pronta para outra...outra vez, sei que vai doer, que vou cair, que vou me fechar, mas uma coisa eu posso afirmar eu vou me levantar novamente e continuar em frente, vai ser preciso muito mais para me derrubar e mesmo que o mundo aumente a dose ainda será necessário o dobro para me ver desistir.

9 comentários

  1. isso mesmo, não podemos nos deixar abalar por qualquer coisa, somos mais fortes do que imaginamos, amei o post <3

    Blog Entre Ver e Viver

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu.
    Eita que esse texto me pegou de jeito, estava falando ontem mesmo com minha cunhada sobre isso de querer coisas novas, mas fazendo as mesmas coisas.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Muitas pessoas já foram embora da minha vida, pessoas importantes que eu achei que estariam sempre ao meu lado, às vezes não consigo entender o que aconteceu, é algo que não dá para explicar, mas essa é a realidade e temos que conviver com isso, tentando aceitar as decepções e seguindo em frente.

    https://lenabattisti.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. A vida é isso: muitas felicidade, mas também muitas lutas!
    Vamos que vamos com a certeza que no final, o importante é ter vivido! ;)

    www.doceestranheza.com.br

    ResponderExcluir
  5. A nossa felicidade depende de nós e da nossa luta. O mundo vive reclamando - sou uma delas - mas devemos todos parar para pensar um pouco para onde é que a reclamação nos leva, sem fazermos nada contra isso. A lado nenhum, de facto.
    Estas palavras fizeram-me reflectir bastante. Obrigada!

    Beijo,
    Patrícia

    ResponderExcluir
  6. Que texto!! A vida é assim mesmo cheia de tombos e decepções, pessoas vem e vão é um ciclo. Amei o texto de paixão me vi nele em cada palavra. Parabéns por saber expor tanto sentimento em um texto! Bjs

    ResponderExcluir
  7. Que texto maravilhoso, acho que li muitas coisas no qual estou vivendo e venho vivendo a muito tempo, E sim isso sempre acontece pessoas se vão e muitas vezes por causa disso passamos a viver mais isoladas, tentar fazer tudo sozinha para não ter o coração partido e nem ter que sentir saudade...

    ResponderExcluir
  8. Esse Post realmente nos abre os olhos. Tenho algumas pessoas na minha vida que me ajudaram muito mas hoje por vários fatores, aos poucos estamos nos distanciando o que é uma pena. Estava meio mal achando que eu é que estava errada e precisava mudar, mas não, eu sou assim e tÊm que me aceitar do jeito que sou! Bj, ótimo post!

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente, ao longo da nossa vida, muitas pessoas irão nos abandonar, só nos resta aprender ser auto-suficientes, e a entender que nem sempre a culpa é nossa; que as pessoas mudam, e que essa mudança as fazem se afastarem.

    ResponderExcluir

@VENTOSDMAIO