[Collab]: Felicidade?

by - domingo, agosto 20, 2017

Tic-tac, tic-tac...
O grande relógio na sala marca exatas 05:26 da manhã daquela quinta-feira fria que apontava lá fora. Eu sei que é cedo para se prever como será o dia mas ali parada apenas observando o chiado da TV pude perceber o quão rotineiro e E-X-A-T-A-M-E-N-T-E igual seria minha quinta-feira, mas no fundo eu era feliz...feliz? Essa era minha definição para mesmice. Em poucos minutos meu dia começaria, tão novo e tão igual, lá em cima você dormia o que se chama o "sono dos justos" tão profundo e silencioso que se chegasse alguém naquele instante teria a certeza de eu estava sozinha... sozinha...por tempos me senti assim, como se não pertencesse a nenhum lugar, a ninguém, até o dia em que você surgiu na minha vida. Você me faz feliz.

Tic-tac 05:45...
Levanto-me e sigo para cozinha, onde ainda há vestígios de uma noite animada com direito a jantar com os amigos. Seus amigos. Talvez, mas só talvez você não me faça tão feliz. Coloco a aguá no fogo para fazer uma xícara de café, sigo a passos silenciosos para o quarto a fim de me arrumar, meu dia começara. Deixo a aguá escorrer por um minuto a fim de esquentar, a manhã estava notoriamente fria, enquanto a aguá escorria por meu corpo me esvai em pesamentos recordando tudo que havia ocorrido em minha vida nesses seis meses após ter lhe conhecido, não digo que foi de tudo ruim, afinal você me puxou do vazio e me trouxe de volta ao mundo por assim se dizer, mas sinto como se o nosso tempo já tivesse passado, sinto como se fossemos completos estranhos, mas você me fez feliz.

Tic-tac 06:12...
Desligo o chuveiro, me visto e saio em direção a cozinha, a chaleira apita me lembrando que está na hora de preparar o café, os primeiros traços do sol apontam no horizonte ao longe por cima das casas que ainda dormem, ali parada em frente a pia compreendo a situação, depositei tudo no fato de você me fazer feliz, mas não percebi que talvez eu não fosse feliz de verdade, ao menos sei o que fazer, sei que devo concertar essa situação para que meus dias não sejam tão novos e tão iguais como costumam ser. Esta na hora de buscar a felicidade de verdade.

Tic-tac 07:00...
"Logo você acordará, lamento por ter que ser assim, mas essa sou eu sempre em busca de respostas e sentido para minha vida, devo dizer-lhe o quão importante você me foi, o quão gentil e companheiro, mas que no fim se tornou distante, talvez tenhamos errado em crer num futuro ou apenas nos deixamos nos perder, afinal eu fui feliz mas hoje não sou e nem você, tenha uma boa vida e viva uma linda história, não deixe que nosso conto nos atrapalhe ao acreditarmos ser possível nos tornar livro."

5 comentários

  1. WOW! Que texto hein? Meus parabéns pela criatividade! E vamos em busca de nossa felicidade!
    Bjks!

    Mundinho da Hanna

    ResponderExcluir
  2. Eu achei esse texto tão bonito. Nos faz pensar, sabe. A gente se acomoda tanto a situações, que às vezes vivemos uma felicidade de mentira. E a melhor coisa é quando percebemos isso e tentamos mudar, para buscar a felicidade de verdade.
    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
  3. Parabeens pelo texto!!

    É triste saber que um grande amor deixou de ser. Mas é importante que a gente aceite e busque a felicidade novamente

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem? Que texto bem escrito. É muito bom participar de projetos de escrita assim tão criativos, ainda mais para exercitar a escrita. É triste pensar que um amor que um dia foi tão forte, tão certo pode se acabar. Conforme fui lendo senti um vazio tão grande, dá uma tristeza. O que resta é o aprendizado. Beijos, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  5. Que texto bafonico!
    Ou melhor dizer um poema em forma de texto! Guria tu tem o dom para escrever, jamais desperdice isso por favor!

    ResponderExcluir

@tiposdalu